Opção racional


Comer bem em São Paulo

 


Se você vem a São Paulo para conhecer os restaurantes que estão entre os cinquenta melhores do mundo, recém citados,  jante no D.O.M., de Alex Atala, o sétimo da lista e no Maní (trigésimo sexto), da chef número 1, Helena Rizzo.


Faça reserva com muita antecedência.


Provavelmente você optará pelo menu degustação neste dois... caro!



Aí, para equilibrar as despesas, opte na hora do almoço por restaurantes excelentes, de gente linda e moderna, concorridos e a preços módicos: no Shopping Iguatemi, ainda a grande vitrine da moda, que entre outros tem o Le Jazz e o Ritz.

 


Se você estacionar no Valet correto, você nem mesmo tem que circular pelo Shopping, pois estes dois têm acesso fácil, por fora. Você tem a vista para o estacionamento arborizado, uma sensação de Bal Harbour de Miami... confira as fotos, por ocasião da visita de nossa amiga da Bélgica.




 Le Jazz, bistrot francês por dentro, terraço tipo Bal Harbour

 

 
 "Sala de espera" para os restaurantes


 
 flores de época decoram o ambiente


 
 Ritz, moderno e jovem 


 no "valet", à espera do carro, tudo glamouroso







última atualização: Sábado, 19 Setembro 2015



   

Gastronomia

Boas férias

 

 

Cada um com seu destino pelas festas de final de ano, pequena parte de nossa família se viu numa "refeição dos deuses", no já conhecido Due Cuochi para um até logo, em breve. 


Aqui na filial, do Shopping Cidade Jardim, lindo, além de muito bom.

 

O primeiro, e muito famoso, Due Cuochi, fica na R. Manuel Guedes, em São Paulo, no Itaim.

 

Felizes festas a toda minha família. E a todos meus amigos, também.

 

 DSCN1312
vizinho ao recém inaugurado Rive Gauche…

 

 

DSCN1313
… nos "jardins supensos" do (belo) conglomerado da construtora JHSF…

 

 

 

 DSCN1314
… as mesas ao ar livre dos dois restaurantes se confundem

 

 

 

 DSCN1315
belo interior, também

 

 

 

 DSCN1316
minha mãe (ao Rio), minha filha (à Bélgica e à Rússia) se curtem e se despedem

 

 

 

 DSCN1317
com uma bela vista sobre toda São Paulo

 

 

 

 DSCN1318
em horário "de alemão"(12 h em ponto..rs)

 

 

 

 DSCN1319
meu irmão Marcos Renaux (à Itália) se junta a nós, compenetrados na escolha

 

 

 

 DSCN1321
aceitamos as sugestões do maître, muito solícito…

 

 

 DSCN1322
 … Marcos optou pelo peixe…

 

 

 

DSCN1323 
... Patricia pela massa, leve...

 

 

 

 DSCN1324
... minha mãe e eu, numa saladinha

 

 

 

 DSCN1325
aos poucos vemos o movimento aumentar

 

 

 

 IMG 7676
bye, bye, filha, mãe e irmão. Até 2013 !

 

última atualização: Sexta, 21 Dezembro 2012



   

Gastronomia

Degustação de café

 

 

 CapaClooney

 

 

Você sabia que beber café pode ser tão cerimonioso quanto beber vinho?

 

O Amex e a Nespresso nos convidaram para uma bela palestra sobre a arte de bem beber um café! 

(As boutiques Nespresso ministram este "curso", graciosamente, aos sábados. A partir de 2013.)

 

A maioria de nós já é cliente Nespresso (faz parte da cultura do bem viver...) mas garanto que, como eu, poucas pessoas sabem o quanto de história tem por trás deste cafezinho.

E como se faz para tirar o melhor proveito dele. E qual é seu preferido. Enfim, "n" variáveis que se aprende a distinguir e que valorizam o sabor do café.

 

Aproveitei os painéis da palestra porque "não quero ensinar o padre a rezar a missa". Assim os ensinamentos são mais garantidos.

 

 

 

 alt
quando a comida, ou bebida (no caso,aqui) faz bem aos olhos, já é um trunfo

 

 

 alt
esta eu acrescento porque... espantei-me com meu talento de fotógrafa...rs

 

 

 alt
o grão de um bom  café nas suas várias fases

 

 

 alt
primeiro, em estufa; só depois para plantio na terra

 

 

 alt
diz-se que se fez a descoberta do café na Abissinia (agora Etiópia), lá pelo ano 400 DC

 


 alt
a água é a bebida mais consumida do mundo porque ela é componente do café... dizem os nespressianos

 

 

 alt
beber café "de grife" virou um must do

 

  

 alt
acredite: assim como o único espumante legítimo, champagne,  é o da região da Champagne, o café também tem sua apelação conforme o terreno

 

 

 alt
o equivalente do enólogo na fabricação do vinho, no universo do café é o mestre de torrefação, que se incumbe de classificar e enobrecer os vários tipos de café; e o equivalente do sommelier é o barista

 

 

 alt
a etapa da torrefação é fundamental: é o ponto certo que dá a qualidade, o sabor do café

 

 

 alt
as famosas cápsulas escondem muitos segredos: aqui, tivemos a demonstração de dois tipos beeeem variados; um dêles, uma "areia" grossa. Outro, um "pó de talco".Os sabores? Completamente diferentes, ambos, claro, excelentes

 

 alt
café na cápsula tem sobrevida de 1 ano com qualidade inalterada

  

 alt
ôba: descafeinado - naturalmente, lavado em água. A cafeína se dissolve -  para quem não suporta o efeito da cafeína (como eu...) que impede um bom sono

 

 

 alt
recipientes próprios para ressaltar o valor do café...

 

 

...alttoda xícara deveria ser de fundo redondo pois é o "efeito Guinness" que dá o melhor aroma: bate no fundo e volta para a superfície, provocando o creme

 

 

 alt
café do bom tem que provocar todos os sentidos

 

 

 alt
Na Nespresso, o barista Rodrigo, a chef Regiane, a "Mrs. Amex", Rita de Cássia, a "Mrs. Nespresso" Mayara, esta blogueira e o cliente assíduo Jorge Cleim aproveitam as aulas da excelente barista Andreia, a meu lado

 

 

 alt
Patricia para George: Cheers, Mr. Clooney!








 

última atualização: Quarta, 12 Dezembro 2012



   

Gastronomia

Para comer de joelhos

 

 

CapaCarredeCordeiro

 

 

 

Há poucos dias meu sobrinho fez um churrasco em que um dos pratos era o famoso carré de cordeiro. Fiquei espantada com a simplicidade, a facilidade que é fazê-lo. O gosto, bem: maravilhoso para quem gosta de cordeiro, e especialmente diferente do comum nos churrascos a que normalmente vamos. 


Pedi a ele para deixar-me fotografar todo o processo, e aqui vai, em fotos e legendas, o bom modo de preparar o carré. 


Experimente você também.


 
 o carré "correto" é este: tem de ter oito ossinhos


ponha sal e bastante alecrim, simplesmente coloque as folhas e "grude"- as à carne do carré. Como diz o Istvan Wessel, "dono" da receita original, alecrim e cordeiro são o par perfeito - foram feitos um para o outro!

 


os ossinhos devem ser envoltos por um papel alumínio...


 
... para que, no fogo, eles não acabem por queimar-se...


... o que tiraria muito da beleza (e do gosto, afinal o visual é parte importantíssima na culinária) do prato ao final


leve ao braseiro e asse o carré pelo tempo...


 ... que lhe pareça mais conveniente, o que certamente não é muito, pois o processo é rápido se o fogo estiver bom


uma vez pronto, retire-o da brasa, afaste o papel alumínio...


 
 ... corte as costelinhas, uma a uma...


 
... e pronto, você tem um belo...


 
...prato para servir e encantar os convivas








última atualização: Segunda, 3 Dezembro 2012



   

Gastronomia

Novo restaurante em SP

 

 

CapaRiveGauche

 

 

 

As incríveis Ida Maria e Virginie, dupla "master" dos renomados Due Cuocchi, convidaram alguns amigos para fazer o reconhecimento daquele que vai ser mais um sucesso da gastronomia.


Em coquetel pequeno, conhecemos o belo ambiente e os amuse-gueules em uma noite de confraternização no restaurante Rive Gauche.


Abre em breve.

 

 
o marido desta blogueira, Thierry, e a incrível Ida Maria

 

 
 o "chef", francês, premiadíssimo em Salvador (sua primeira estada no Brasil), um encanto, além de talentoso, em suas novíssimas instalações

 

 
os melhores pães, feitos na casa

 

 
 a movimentação na cozinha

 

 

 
decoração eclética: do tradicional...

 

 

 
 ... ao moderníssimo

 

 

 
 vista geral do restô

 

 

 
 Ida Maria e seus "chefs"

 

 

 
as filhas de Virginie (a sócia), lindinhas

 

 

 
 Thierry e Luiz Galebe (aquele que inventou o Shop Tour)

 

 

 
também no terraço do Shopping Cidade Jardim, vizinho ao Due Cuocchi, em ambiente hiper agradável

 

 

 
amigos "da casa", George e Rosana Niemeyer com Thierry

 

 

 

 

 

 

última atualização: Terça, 27 Novembro 2012



   

Gastronomia

Novo 'must go'

 

 

CapaAttimo



Muito próximo ao Ibirapuera, usufruindo do verde do parque, fomos em 3 a um dos mais recentes e excelente restaurante de São Paulo: o bacanérrimo Attimo.

 

Dos mesmos donos do campeão Kinoshita e do Clos de Tapas, e com o olho do dono, o adorável e incrível Marcelo Fernandes, tudo é impecável: ambiente (luminoso, porque é em parte aberto), comida e serviço, 'de primeira'.


O chef, Jefferson Rueda, ex-Pomodori e marido de Janaína Rueda, do também excelente Bar da Dona Onça, no centro da cidade, garante ao cliente uma experiência gastronômica inesquecível.

 

E um bocado de beautiful people para quem gosta do buchicho...


Perfeito nos finais de semana, também.

 

 

 
Patricia, minha filha e nosso chevalier mais constante, o divertido e informado Fabio Arruda (até parece que somos sócios...)

 

 

 

 
vista de um dos terraços (e Fábio só no telefone...)

 

 

 
(...que tem uma capa criativa!)

 

 

 

 
aberto, perfeito para se sentir num jardim

 

 

 

 
os aperitivos, no ponto, servidos de forma interessante

 

 

 

 
 carnes e...

 

 

 

 
   ...massas, em quantidade suficiente e...

   

 

 
   ...saborosíssimas! Num Attimo...

 



vinho em taça servido em decanter personalizado



experimente a maravilhosa paleta de cordeiro com tagliatelle fresco ao molho do assado e legumes da terra

 



 
para sobremesa, o canoli de ricota com canudos de doce de leite e mousse de côco é uma boa pedida



Attimo - Cozinha ítalo-caipira

Rua Diogo Jácome, 341 V N Conceição

Fone: 11 5054 9999

Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.




 




última atualização: Terça, 16 Outubro 2012



   

Gastronomia

Olimpíada gastronômica

 

 

 

CapaLondresGastro



Alguns restaurantes, botecos e lanchonetes em Londres, para todos os gostos e bolsos, que este blog experimentou e recomenda:

 

 

Le Caprice - muito bem localizado, ao lado do Ritz Hotel, em estilo art-deco e com "live piano", é um restaurante de comida européia variada. Bom para almoço ou jantar, para comer bem, ver e ser visto. Tem um belo bar, onde também são servidos pratos, se você preferir isso a sentar-se a uma mesa.


Como chegar: estação Green Park do metrô

Arlington Street, London SW1A 1RJ

Fone 020 3641 1873


 
Le Caprice: salada de alcachofras e dentes-de-leão

 

 




Semplice - serviço um bocado confuso, mas pratos excelentes e boa carta de vinhos. Experimente o "Fegato Veneziana", imperdível. Ou, se você for mais para "pasta", o excelente "Tagliatelle ai funghi misti di bosco". 

 

Como chegar: entre as estações de metrô Oxford Circus e Bond Street

9-10 Blenheim Street, London W1S 1LJ

Fone 020 7495 1509


 
Semplice: ambiente agradável, comida impecável, serviço confuso






Ishbilia - esqueça os outros restaurantes libaneses aos quais você já foi na vida. Este é incomparável, impagável, ma-ra-vi-lho-so! Os "mezzes" (pequenas porções, fala-se "mezé") são tão variados e fartos que é possível fazer uma excelente refeição somente com mezzes quentes e frios, tipo homus, faláfel, kibe cru (de carne de cordeiro) e outros, que são de comer de joelhos! 


Como chegar: estação Knightsbridge do metrô

8-9 William Street

London SW1X 9HL

Fone 020 7235 7788


 
 entre tantos outros pratos magníficos, o faláfel do Ishbilia é incomparável

 





Locanda Locatelli - a pouco mais de três quarteirões da embaixada brasileira, este excepcional restaurante siciliano é daqueles em que a experiência de visitá-lo ficará na memória do começo ao fim. Entradas excepcionais, pratos incríveis e carta de vinhos espantosamente boa. Fora isso, o chef Giorgio Locatelli é um charme! Não deixe de ir.


Como chegar: estação Marble Arch do metrô

8 Seymour Street

London W1H 7JZ

Fone 020 7935 9088

 


 
 a melhor comida siciliana em plena Londres

 

 




The Wolseley quase impossível de entrar nos primeiros anos desde sua abertura em 2003, tal a quantidade de pessoas interessadas em sua comida, ambientação e arquitetura, este restaurante de gente de negócios situado em lindo prédio que já foi showroom de automóveis e agência de banco, é outro "must" da capital inglesa. Maravilhoso, uma linda experiência gastronômica e visual.


Como chegar: estação Green Park do metrô

160 Piccadilly

London W1J 9EB

Fone 020 7499 6996


 
 confit de pato sobre lentilhas






Terroirs este maravilhoso francês quase-bistrô é, na verdade, 2 em 1. No térreo, ambiente descontraído e comida excelente. No "basement", longa escadaria abaixo, outra cozinha em outro ambiente. Literalmente, outra cozinha: fisicamente falando, e de pratos distintos - e ambos muito, muito bons - os dois níveis foram provados e aprovados. 

 

 

Como chegar: estação Charing Cross do metrô

5 William IV St

London WC2N 4DY

Fone 020 7036 0660
 
 
 
 charcuterie e cornichons como entrada, excelente!
 
 




Racine - esta brasserie garante a você uma experiência gastronômica maravilhosa, em ambiente aconchegante e com serviço muito atencioso. Se você for daquelas pessoas corajosas para comer, o tête de veau é espetacular (não deve nada ao Le Stella de Paris). Se não, o menu é tão extenso e cheio de delícias, que você certamente encontrará algo que irá adorar. Na verdade, são tantos os pratos incríveis, que a maior dificuldade é decidir-se por algo...

 
Como chegar: estação South Kensington do metrô
239 Bromptom Road
London SW3 2EP
Fone 020 7584 4477

 
 
 
 deliciosa opção em South Kensington-Chelsea





Bentley's - este restaurante mais que tipicamente inglês, para frutos do mar é imbatível. Certo cuidado com os pescados vendidos a "market price" nunca é demais ter, já que a surpresa pode ser desagradável ao final. Mas o certo é que, das entradas às sobremesas, a experiência de ir ao Bentley's é única, e a festa para o paladar, inesquecível. Tem uma filial/balcão no térreo da Harrods.


Como chegar: estação Piccadilly Circus do metrô
11-15 Swallow Street
London W1B 4DG 
Fone 020 7734 4756


 
 ostras vietnamese style






Wright Brothers, Oyster & Porter House - um "boteco" ( e que boteco!) espetacular de frutos do mar para ir quando você estiver visitando a Tate Modern ou o Globe Theater (a "casa" de Shakespeare) é este Wright Brothers. O Borough Market, que é onde ele fica, também é interessante, muito interessante conhecer. Pode ter filas - mas é possível fazer reservas. Imperdível. 


Como chegar: estação London Bridge de metro
11 Stoney Street
Borough Market - London SE1 9AD


 
 extraordinário balcão de ostras e frutos do mar em Borough Market






Medlar - restaurante bastante recente na King's Road, é uma verdadeira maravilha. De inspiração francesa e relativamente "low profile", é outro must. Você vai adorar.


Como chegar: caminhada de 15 minutos pela King's Road desde a estação Sloan Square do metrô
438 King's Road
Chelsea SW10 OLJ
Fone 020 7349 1900

 

 
 costeletas de cordeiro maravilhosamente preparadas






Finalmente, para lanches mais rápidos e café da manhã, por toda a cidade os seguintes restaurantes:


Carluccio's - rede de restaurantes de comida italiana rápida e muito bom também para o café da manhã. No site, clicando aqui, você encontra os vários endereços disponíveis por toda Londres.


Byron - rede de lanchonetes ma-ra-vi-lho-sa, serve hambúrgueres em "estado-da-arte", de qualidade e sabor inigualáveis. Para saber as várias localidades onde há restaurantes, clique aqui. Sua seleção de cervejas de pequenos produtores também é digna de nota. Experimente.



 











última atualização: Quinta, 4 Outubro 2012



   

Gastronomia

Chic & Cool

 

 

 

CapaPatsyChezMIS 

 


Aberto há menos de 6 meses, de donos franceses, o absolutamente "cool" restaurante do MIS, na av. Europa, nos Jardins, em SP, é uma delícia!

 

O ChezMIS tem opções de pratos em horário de refeição e opções de sanduiches do meio dia à 1h da manhã. Todos os dias da semana (confira os horários aqui)


Ambiente lindo, claro, e garçons de todas as partes do mundo, educadérrimos... vale conferir.

 

 

 

 

 
o ChezMIS é nos fundos do museu, liiindo. Todo de vidro

 

 

 
um almoço no jardim, quase que literalmente

 

 

 
um projeto de muito bom gosto


 

 

 
vista geral (pouca gente porque almoçamos às quatro da tarde)

 


 

 
o bar, very hype


 

 
minha companhia querida, minha filha Patricia

 

 

 

 

 

 

 

 

última atualização: Quinta, 27 Setembro 2012



   

Gastronomia

Na Barra, no Rio

 

 

 

CapaMaialina 

 

 

 

 

Maialina, um quiosque à beira da praia, um fasano das areias... no jardim Oceânico. Na Barra da Tijuca.

 

Os donos, finíssimos e alegres, nos receberam como em poucos restaurantes; das entradas (petiscos-novidade), aos pratos e sobremesa, tudo é programado e executado para servir gourmets.


Elisa é cordon bleu e o casal já virou o mundo; como boa carioca, ela voltou para a sua terra e aqui nos proporciona refeições dos deuses.

 

 

 

 
Mauro Soggiu, italiano e sua mulher carioca, Elisa de Luca Fragoso Senra atendem com  muita classe

 

 

 

 
a beira mar, idílico

 

 

 
bacalhau (incrível) em torradas perfeitas

 

 

 
salada com castanhas, de-li-ci-o-sa!

 

 

 
vinhos de várias origens (este, italiano, incrível)...

 


 
este, branco, português, maravilhoso


 

 
frutos do mar fresquíssimos e tratados à maneira de uma "cordon bleu" (aqui, um namorado)

 

 

 
ao fundo, algumas casas, para nos lembrar que estamos "em plena civilização"

 

 

 
massa perfeita, de quem sabe das coisas



Quiosque Maialina

Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

Av do Pepe, sem nro, em frente ao Hotel Barra Tropical

Fones: (21) 8105 4263 e 8105 4264

 

 

 

 

 

 

última atualização: Segunda, 17 Setembro 2012



   

Gastronomia

Luxo no lixo

 

 

 

CapaBarLeo 

 

 

 

Recém reaberto, o Bar Léo, em plena boca do lixo, é sofisticado à sua maneira: considerado por muitos e desde sempre o melhor chopp de São Paulo, com empregados de há mais de 30 anos (ou como Luis, de 84 anos, com 41 de casa!) e com uma qualidade constante de comes & bebes, você está fora do clima "normal" de São Paulo.


Exceto por um pequeno período de quatro meses, o Bar Léo funciona há 70 anos servindo os mesmos deliciosos pratos, sanduíches e canapés. Desses 70 anos, pelo menos 20 eu passei frequentando-o ao menos uma vez por semana, quando trabalhei na indústria têxtil, com escritório nas redondezas. Era cliente "de carteirinha", e meus clientes, quando vinham a meu escritório, adoravam que fosse hora do almoço, quando mandávamos buscar os deliciosos canapés. De longe os melhores de São Paulo. 

 

Passado o tempo de turbulência, ele reabre para alegria dos clientes habituais. Com a grife Brahma (os novos proprietários são os mesmos donos do Bar Brahma, da São João com a Ipiranga, e tiveram a inteligência de reabrir o local exatamente como ele era) e o mesmo bom e velho pessoal.



 
Testamos e está maravilhoso! Entre chop e canapés, saímos satisfeitíssimos.



 
atrás do balcão, o "velho", simpático...

 

 

 
...e melhor tirador de chopp de SP, Fernando Lopes, que...

 

 

...com o grande Serginho, faz uma dupla imbatível 

 

 

 
Sergio Henrique Ferreira, o Serginho, dos 13 aos 39 ainda no batente, com alegria contagiante

 

 

 
balcões de madeira que denotam a idade do bar

 

 

 
sanduíche "polaco", rosbife com queijo...

 

 

 
...e "Hackepeter", de carne crua. Delícia!

 

 

 
o divertido logo que se vê por toda parte: "cerveja acima de tudo"

 

 

Bar Léo

Rua Aurora, 100

Sta Ifigênia, São Paulo

De segunda a sábado, das 11 às 22 hs

 

 

 

 

 

 

última atualização: Segunda, 10 Setembro 2012



   

Gastronomia


    1 2 3